Av. Afrânio de Melo Franco 141 sala 502 - Leblon - RJ
(021) 2705-2368
(021) 99789-0385

RINOPLASTIA ABERTA X FECHADA

                    840046Tradicionalmente, a rinoplastia clássica fechada baseava-se na ressecção das cartilagens nasais e redução do esqueleto osteo-cartilaginoso, buscando sempre como objetivo um nariz pequeno e arrebitado, sem levar muito em consideração as características próprias do paciente. De certa maneira, projetava-se um determinado padrão de nariz, que muitas vezes simplesmente não harmonizava com o rosto do paciente. Esta abordagem terminou por popularizar o termo “Nariz de Plástica”,  pois esta desarmonia permitia identificar facilmente aquela pessoa que teve o seu nariz operado, o que geralmente não é algo desejado por quem submete-se a este procedimento.

                    Muito desta facilidade de identificar do paciente operado advém do reconhecimento das seqüelas provocadas por este tipo de cirurgia redutora. Embora o resultado desta técnica pudesse parecer adequado em um primeiro momento, o enfraquecimento da estrutura nasal, decorrente da ressecção excessiva destas cartilagens, ocasionava severas deformidades no pós-operatório tardio, conduzindo às seqüelas estéticas e funcionais que observamos tão comumente nestes pacientes: Pinçamentos da ponta nasal, rebaixamento exagerado do dorso, queda da ponta alguns meses após a cirurgia, distúrbios de respiração, colapso da válvula respiratória, deformidades em V invertido, pinçamentos no dorso do nariz, entre outros.

Com a Rinoplastia Estruturada, mudou-se significantemente a cirurgia de rinoplastia.

                    Em primeiro lugar, a mudança conceitual: Não temos por objetivo produzir um determinado padrão de resultado, um “Nariz de Plástica”. Através de estudos da harmonia facial e medições cefalométricas, planejamos as dimensões adequadas para o nariz levando em consideração as características próprias do paciente. Individualizamos assim os resultados, e cada nariz será planejado para entrar em harmonia com o rosto de cada paciente.

                    A seguir, a mudança de ordem técnica: A ressecção excessiva das cartilagens na rinoplastia tradicional levava ao enfraquecimento das estruturas e às seqüelas tão comumente observadas nos pacientes operados por esta técnica, como pinçamentos da ponta, selamento do dorso, etc. O enfraquecimento das cartilagens, somada à forte ação cicatricial que o nariz apresenta sempre que manipulado, provocava esta série de seqüelas operatórias. Atualmente, ao invés de simplesmente ressecar as cartilagens e enfraquecer a estrutura nasal, com a rinoplastia estruturada utilizamos uma séria de enxertos, obtidos geralmente do próprio septo nasal, para reforçar o esqueleto osteo-cartilaginoso e fortalecer o arcabouço, contrapondo a ação cicatricial e prevenindo que esta deforme o nariz ao médio/longo prazo, permitindo resultados mais duradouros e previsíveis.

                    Por fim, a mudança do refinamento: Na rinoplastia redutora tradicional, a abordagem era focada no rebaixamento do dorso, encurtamento do nariz (arrebitar a ponta) e estreitamento da porção óssea, com a fratura dos ossos nasais. Tratava-se de uma abordagem muito limitada, uma vez que não conseguia atingir a ponto mais importante da beleza do nariz: a Ponta nasal. Para efeitos comparativos, uma cirurgia de rinoplastia costumava durar entre 20 e 30 minutos quando, atualmente, uma rinoplastia estruturada bem realizada leva em média 2 horas. É evidente que o grau de detalhamento, a finesse da cirurgia aumentou.

                    A rinoplastia aberta estruturada nos permite atuar em detalhes antes inacessíveis com a rinoplastia redutora, e a oferecer um resultado incrivelmente mais detalhado.

Uso de enxertos

ENXERTOS
O uso de enxertos permite dar forma e sustentação às cartilagens naturais, sendo este o pilar da Rinoplastia Estruturada.  (Gunter Rhinoplasty Diagram, J.P.Gunter, MD)

                    O uso de enxertos é o grande pilar que possibilita a rinoplastia estruturada. Os enxertos são obtidos do próprio septo nasal, nos casos primários, ou da cartilagem da orelha ou tórax nos casos onde o nariz já foi comprometido. A obtenção dos enxertos não gera sequelas nas áreas doadoras e auxilia na correção da função respiratória nos pacientes com problemas funcionais.

                    Os enxertos são posicionados entre os folhetos naturais das cartilagens do nariz – caso ainda estejam presentes –  tornando-se imperceptíveis visualmente, porém propiciando o fortalecimento destas cartilagens e permitindo o reposicionamento e refinamento desejado na cirurgia, conferindo o formato desejado às cartilagens naturais.

                    A rinoplastia estruturada permite a obtenção de resultados infinitamente melhores e mais previsíveis, além de tratar e prevenir as sequelas que são comuns da rinoplastia tradicional.

CONHEÇA O DR. LUCIANO LOSS

Graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro, o Dr. Luciano Loss especializou-se em Cirurgia Plástica sob os cuidados do Dr. Ronaldo Pontes, um dos mais renomados cirurgiões plásticos do mundo, com quem teve a oportunidade de atuar nos mais diversos tipos de cirurgias e adquirir as técnicas que hoje aplica, com habilidade e dedicação, nos seus próprios pacientes. Após a experiência obtida com o Dr. Pontes no Brasil, o Dr. Luciano Loss foi até a University of Texas – Southwestern Medical Center, em Dallas, Estados Unidos, onde, sob a  orientação  dos  cirurgiões … [Leia mais…]

Agende Sua Consulta

Nome

Email

Telefone

Mensagem

CONSULTÓRIO 1 – LEBLON

Av. Afrânio de Melo Franco, 141, sala 502
Melo Franco Medical Center – Leblon- RJ
(Em frente ao Shopping Leblon)
Telefone: (21) 2705-2368

 

CONSULTÓRIO 2 – ICARAÍ

Rua Coronel Moreira César, 229, sala 1510 Shopping Icaraí – Niterói – RJ
Telefone: (21) 2705-2368

Sociedades Médicas

Clique nos links das Sociedades para visualizar o perfil do Dr. Luciano Loss

          
             

                 
X

Pin It on Pinterest

X